Vale a pena conhecer Isla Negra?

Esse barquinho fica na área externa da Casa Museu, o restaurante e cafeteria El Rincón del Poeta. No verão vale apreciar o mar tomando um vinho, mas no frio, recorri ao chocolate quente mesmo.

 

E se eu te disser que Isla Negra nem é uma ilha?

E nem o nome da cidade é Isla Negra?

A cidade, na verdade é El Quisco, fica a 130 km de Santiago, na costa do pacífico e dá pra ir de carro/ônibus de boa. O nome “Isla Negra” foi batizado pelo seu morador mais ilustre, Pablo Neruda, que deu esse nome a sua casa de praia por causa das rochas negras da praia do Pacífico.

Morador esse que, de tão ilustre, suas casas-museus viraram roteiro turístico no Chile, todas abertas a visitação são elas:  La Sebastiana, em Valparaíso, La Chascona, em Santiago e La Isla Negra, em El Quisco, a queridinha, a preferida do poeta e onde ele escolheu viver até o fim de sua vida, pedindo, inclusive, para ser enterrado lá. O pedido foi atendido e tanto ele quanto sua esposa foram enterrados lá de frente pro mar, só tem um detalhe: o corpo dele foi exumado do túmulo da casa para investigarão sobre a causa de sua morte.

Apaixonado pelo mar e por navegação, todas as casas de Neruda tinham relação com barcos. Isla Negra, por exemplo, tem até o formato de um. O quarto dele é na “proa” do navio de forma que ele sempre visse o sol ao nascer e ao se pôr. Infelizmente não tenho fotos dentro da casa porque é proibido fotografar e creio que estragaria a experiência de quem visita, mas é bem emocionante conhecer as coleções e os presentes exóticos que grandes lideranças do mundo enviavam para ele e toda simbologia que cada um representava.

Para mim, foi um passeio que valeu muito à pena e que recomendo. Fui com a empresa Turistik em um pacote que une Isla Negra com a vinícola Matetic, uma vinícola orgânica que oferece tour guiado e degustação de vinhos. No vídeo eu mostrei um pouco da vinícola e do restaurante Equilibrio, que eu gostei muito apesar de ter achado bem caro (algo em torno de 90.000 CLP por pessoa).

 

No mais, acho que é melhor procurar um tour para Isla Negra apenas que sai mais em conta, ou combinar com Viña del Mar e Valparaiso ou até mesmo ir por conta própria. Para ir por conta, chegue cedo para garantir acesso a Casa-Museu pois não como comprar antecipado. O ingresso custa 6.000 CLP.  A excursão da Turistik combinando Isla Negra com Vinícola Matetic custa 56.000 CLP.

 

Um comentário sobre “Vale a pena conhecer Isla Negra?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo